Explosão de Raiva

Sintomas e como controlar o sentimento de raiva.

Sintomas da Raiva

O que engarrafamentos, políticos, televisores quebrados e sujeira de cachorro na rua têm em comum? Raiva, sentimos muita raiva.

E, aliás, nos irritamos sempre que não conseguimos atingir um objetivo, satisfazer um desejo ou quando nossa autoestima é atacada.

Normalmente sentimos raiva quando algo que desejamos não sai como o planejado, ou quando acontece um mal entendido.

Em épocas passadas a raiva poderia ser vista como algo positivo, pois fazia os seres primários lutar pelo que queriam.

Os pensamentos que trazem a raiva são aqueles de não aceitação, “Isso não deveria, não poderia ser assim”

Quem passa raiva, se cobra muito e o negativo, ou no que ele perdeu. E o que já conquistou?.

É comum quem está no estado de raiva habitar o território dos extremos, nunca se permitindo o meio termo.

Para quem sente raiva a melhor defesa é o ataque.

Quais os primeiros sintomas de quem está entrando num  momento de raiva?

O aumento dos batimentos cardíacos, com o objetivo de bombear mais sangue para as extremidades do corpo, levar mais oxigênios para que eles trabalhem mais e com isso a pressão sanguínea aumenta que por consequência acontece também o formigamento, afogueamento, podendo ficar pálido com a pele fria, tudo isso por que o suprimento de sangue acaba sendo limitado na pele e nos dedos para que os músculos do corpo recebam mais sangues e como o nosso corpo acaba trabalhando mais a temperatura corporal acaba aumentando e por isso essa sensação de afogueamento e para tentar diminuir de certo modo essa temperatura acabamos suando, então a acontece a sudorese.

Depois disso a nossa respiração também fica mais rápida e superficial para ajudar com que a gente inspire mais oxigeno.

Os músculos ficam mais tensos e podemos ficar doloridos, também podemos sentir que a boca fique seca.

Alertas do Estado de Raiva

Como saber se estou sentindo raiva no dia-dia, podemos perceber com os sinais mais simples do nosso corpo, como observar a tensão no corpo, a respiração superficial, taquicardia, ficar nervoso em um período curto de tempo, ficar olhando de baixo para cima como se estivesse medindo a pessoa, perder o senso de humor e o aumento da voz. A pessoa que passa raiva durante o dia ela fica julgando muito os outros, fica analisando muito os outros e tem mudanças muito drásticas de temperamento ou humor.

Como se comportar diante do quadro

Para lidar com a raiva você precisa aprender a identificar o que é que esta levando a sentir a raiva, vale anotar quando você perceber que esta passando por um quadro de raiva, anote o que você pensou no momento, escreva o que você fez para que a mesma passasse, se você precisou descontar sua raiva em alguém ou se teve que bater em algo para que ela alivie.

É importante saber acalmar, é importante saber controlar sua respiração. Sente em uma cadeira confortável e tente relaxar os músculos, inspire o ar pelo nariz e conte 1, 2, e 3 e expire o ar pelo nariz contando 1, 2 e 3 permita que a respiração fique mais lenta, feche os olhos e imagine os números aparecendo em sua mente de modo lento, treine sempre que for necessário.

O que fazer

A técnica de distração é muito boa, para tentar diminuir o nível de estresse ou de raiva que esta passando no momento, pode observar o ambiente em que esta, observe nos mínimos detalhes tudo que esta em sua volta, como um objeto que aches bonito e veja todas as qualidades do local, se for possível também tente escutar uma musica que lhe dê prazer certamente ela irá lhe auxiliar a distrair, se o ambiente não esta lhe favorecendo saia do local e vá tomar uma água ou simplesmente vá ao banheiro isso ajuda a distrair.

É possível viver uma vida com menos raiva, abaixo segue algumas dicas:

Fazer atividades físicas como, por exemplo, uma caminhada de 30 minutos já auxilia, ou uma academia,  ajuda bastante.

Procurando fazer algo que lhe dê prazer, pode ser uma música, escrever ou ler algo que goste.

Aprender lidar com seus pensamentos, se sua emoção está se alterando, coloque num papel o que esta lhe deixando desconfortável.

Controle seus sentimentos para não se arrepender mais tarde, se caso já tentou mudar seu estilo de vida e não conseguiu, já tentou aplicar todos os seus conhecimentos, acho que essa é a hora de procurar ajuda através de um profissional ou fazer terapias, procure ajuda com alguém que entenda do assunto.

Pois é ruim conviver com esse sentimento, pois não tem nada que vá lhe acrescentar positivamente.

Através da Imantoterapia podemos buscar essa ajuda.

http://radicionista.com.br/index.php/consulta-previa/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *